Colorado e Washington são alguns dos lugares onde a maconha está mais abertamente introduzida no dia a dia da população, e esse contato, viabilizado pela regulamentação da erva, não vem sem conseqüências. O que está ocorrendo nos estados Unidos pode servir de exemplo para se observar os efeitos sociais e financeiros da cannabis.

Nesta semana o FBI divulgou uma estatística surpreendente sobre as prisões relacionadas à maconha. Em 2015, o número de reclusões foi de 574,641, o mais baixo desde 1996. Ainda que continue alto, com uma prisão acontecendo por minuto no país, o trabalho da polícia vem focando cada vez menos na cannabis para dar espaço a outras investigações mais importantes.

Além disso, no Colorado foi anunciado que a verba excedente de impostos arrecadada sobre a maconha irá para as escolas públicas no programa estadual anti-bullying. Estima-se que com a iniciativa, votada pelos próprios cidadãos do Colorado, cerca de 50 escolas recebam até 40 mil dólares.

Em novembro as eleições nacionais americanas ocorrerão e tanto Donald Trump quanto Hillary Clinton, concorrentes na disputa à presidência, já deram uma mostra do que as mudanças na lei estão causando na opinião em relação à erva. Enquanto Trump reconhece, timidamente, os valores medicinais (e financeiros) da maconha, Hillary Clinton parece estar mudando de opinião. Anteriormente, a candidata havia se declarado contra a descriminalização, porém em entrevistas recentes ela disse que analisará a situação com mais cuidado, tomando Colorado e Washington como ‘laboratórios da democracia’.

Mais do que mudanças na lei, a legalização traz mudanças às pessoas também, mostrando a cada dia que o debate é necessário para a melhoria da sociedade. Debater é o caminho, legalizar é a solução!

Fontes: http://www.denverpost.com/2016/09/26/marijuana-arrests-fall-to-lowest-level-since-1996/
http://www.thedenverchannel.com/news/local-news/surplus-marijuana-tax-revenues-to-be-used-for-bully-prevention-in-colorado
https://blog.mpp.org/medical-marijuana/hillary-clinton-changes-her-tune-on-marijuana-policy/

Imagens: Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.