A legalização da cannabis nos EUA pode ser benéfica, e muito, para a população. Porém, nem todos sairão ganhando se a erva for amplamente legalizada. Poderosos grupos empresariais farmacêuticos dos EUA vêm financiando campanhas sistemáticamente para que a maconha não deixe de ser proibida.

A mais conhecida delas, a Big Pharma, investe em campanhas e tem trabalhado junto à congressistas para que a maconha não deixe de ser considerada uma droga tipo 1, que de acordo com o governo americano, é a categoria para entorpecentes com alto grau de dano à saúde do usuário.

Outro fator que explica essa investida das famarcêuticas contra a maconha, é o fato de que 80% dos usuários de remédios prescritos e opióides estão trocando essas substâncias pelo uso da cannabis, ja que ela confere uma qualidade de vida infinitamente melhor ao passo em que não debilita ou vicia o usuário na mesma proporção que as drogas prescritas.

Os EUA vêm lidando há anos com uma crise no uso de opióides e estima-se que pelo menos 80% da produção dessas substâncias é consumida pela população americana, disparada a maior consumidora em todo o planeta. Com o avanço da medicina tradicional e das tecnologias, criou-se no país americano o que se chama de ‘indústria da dor’, onde casos clínicos relativamente simples são tratados com drogas pesadas. Há relatos ainda de que médicos, psiquiatras e psicólogos estariam diagnosticando erroneamente seus pacientes em troca de lobby farmacêutico e ganhos financeiros. Somente em 2015, foram mais de 300 milhões de prescrições medicamentosas com opióides e outras substâncias, em todo o mundo.

As pesquisas recentes, realizadas pelo Centro de Pesquisas em Adicção da Columbia Britânica, da Universidade de Victoria, no Canadá mostram também que os usuários de álcool estao diminuindo seu consumo em detrimento do uso de maconha. Os resultados desse importante estudo mostram que a maconha pode ser uma saída para essa complicada crise, ainda que exista pressão por parte de grupos contrários, cada vez mais a cannabis mostra todo seu potencial em diferentes contextos, inclusive no combate ao abuso de outras substâncias.

Fontes: http://thefreethoughtproject.com/big-pharma-shaking-boots-80-cannabis-users-give-prescriptions-pills-pot/
http://www.zerohedge.com/news/2016-07-21/real-reason-pharma-companies-hate-medical-marijuana-spoiler-alert-it-works
http://www.cnbc.com/2016/04/27/americans-consume-almost-all-of-the-global-opioid-supply.html
https://www.drugabuse.gov/about-nida/legislative-activities/testimony-to-congress/2016/americas-addiction-to-opioids-heroin-prescription-drug-abuse

Imagens: Growroom.net/ ; vegetall.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.