A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal aprovou relatório da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) favorável à apresentação de um projeto de lei com o objetivo de descriminalização do cultivo de maconha para fins medicinais.

A Sugestão Legislativa (SUG) 25/2017, que tratava também da descriminalização do cultivo da maconha para uso pessoal, foi proposta por um cidadão de São Paulo via Portal e-Cidadania e contou com o apoio de mais de 20 mil pessoas e foi rejeitada pelo então relator, o senador Sérgio Petecão (PSD-AC). Marta Suplicy apoiou a decisão contrária à descriminalização da maconha para uso recreativo, mas apresentou um voto em separado na discussão, sugerindo um projeto de lei focado no uso terapêutico da planta, do qual será relatora.

“Quanto ao mérito da ideia legislativa trazida a esta Casa, concordamos com o relator quanto a não descriminalização do cultivo da cannabis sativa para uso recreativo. Todavia, a nosso sentir, já passou da hora de se legalizar o cultivo da maconha para uso terapêutico”, afirmou a senadora à Agência Senado.

No Twitter, a senadora destacou a importância de lutar por essa causa:

O projeto de lei deve ser encaminhado para análise em outras comissões da Casa.

Saiba mais:

https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2017/12/14/cultivo-de-maconha-para-fins-medicinais-avanca-no-senado

Imagem: Luiz Michelini

Vídeo: Twitter @SenadoraMarta

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.