A província de Columbia Britânica, no Canadá, vai permitir que os consumidores de maconha façam compras online. Até há pouco, os moradores podiam fazer reservas online, mas o pagamento era realizado fisicamente nas lojas.

De acordo com uma publicação oficial do governo, foram alterados os regulamentos para permitir que lojas licenciadas vendam produtos online. Contudo, por enquanto, os canadenses ainda devem ir até a loja para buscar o produto. 

Os funcionários das varejistas devem identificar um documento do comprador para comprovar sua identidade. E os estabelecimentos licenciados ainda devem colocar um verificador de idade nos aplicativos e sites de venda. 

Essa mudança responde a uma solicitação de varejistas privados, à medida que continuam a seguir os mandatos do oficial de saúde da província. Ela apoia a saúde e a segurança pública, reduzindo o tempo que os clientes precisam gastar nas lojas e permite que eles fiquem fisicamente distanciados dos funcionários e uns dos outros”, disse o procurador-geral da Colúmbia Britânica, David Eby.

Agora, o novo regulamento vai permitir que os moradores da província façam pagamentos por site, aplicativo ou por telefone. 

Felizmente, o governo também está considerando a possibilidade de permitir o delivery de cannabis, que ainda é um assunto delicado no Canadá. Eles deixaram claro que qualquer forma de permissão de delivery deverá seguir rígidos padrões e, assim, impedir que jovens tenham acesso à cannabis.

Ouvimos de varejistas licenciados de cannabis e eles querem mais ferramentas para ajudar a aumentar a competitividade com o mercado ilegal, permitindo vendas online. Ao oferecer vendas online de produtos de cannabis, podemos apoiar o crescimento de uma indústria vibrante e legal de cannabis, além de manter a segurança pública como nossa principal prioridade“, disse o Ministro de Segurança Pública e Solicitador Geral, Mike Farnworth.

Em outra adição, o governo permitirá que os consumidores comprem cartões pré-pago que possam ser usados em diversas lojas licenciadas. Até o momento, o uso é restringido para a própria loja em que o cartão foi adquirido.

Who is Happy na corrida verde

Who is Happy em português
Recentemente, foi lançada uma versão em português do Brasil

As novas mudanças foram realizadas, principalmente, por conta da pandemia do coronavírus COVID-19. Agora, o mercado legalizado tem mais opções contra o mercado ilegal de cannabis e pode oferecer mais conveniência aos consumidores. 

O Who is Happy, é claro, não vai ficar de fora dessa oportunidade. Atualmente, o aplicativo já tem parceria com alguns dispensários cadastrados na Colúmbia Britânica e, em breve, os moradores da província também poderão comprar diretamente pelo app.

Hoje, os usuários já utilizam o mapa e chat do app para entrar em contato com os dispensários parceiros. E o fundador do Who is Happy, João Paulo Costa, revelou que a equipe já está trabalhando para oferecer o pagamento por meio do aplicativo.

Imagina aqui no Brasil, seria um paraíso, né?!

Fonte: Colúmbia Britânica

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.