Uma associação esportiva do Canadá retirou a cannabis da lista de substâncias proibidas entre os atletas estudantes.

De acordo com o Centro Canadense de Ética no Esporte (CCES), a maconha não será mais um problema entre os jovens atletas que moram no Canadá. A droga foi retirada da lista e, assim, os estudantes não podem mais ser expulsos pelo uso da substância.

Apesar disso, as regras se aplicam apenas para aqueles que competem nas ligas University Sports e Canadian Collegiate Athletic Association (CCAA). É claro, isso não quer dizer que os atletas estudantes canadenses podem usar maconha em qualquer lugar do mundo. 

Na realidade, a regra funciona apenas no Canadá e a Agência Mundial Antidoping (WADA) mantém a proibição. Ou seja, os estudantes que participarem de outros eventos esportivos ainda precisam realizar os testes antidoping para cannabis.

“Há muito tempo, o CCES defende a remoção da cannabis da lista de proibições da WADA, e a legalização da cannabis no Canadá reflete uma mudança na visão da sociedade sobre como gerenciar a educação com a cannabis e a redução de danos”, revelou a organização.

Há cerca de dois anos, o Canadá começou a conversar abertamente sobre a legalização e, atualmente, é um dos países mais “livres” em relação ao assunto. Apesar da Agência Mundial Antidoping ainda acreditar que a substância deve permanecer em uma lista proibida, algumas sociedades ainda se questionam sobre os reais malefícios e benefícios da maconha.

Recentemente, a WADA revelou que os atletas que testaram positivo para as drogas recreacionais não serão banidos e apenas receberão uma suspensão que pode variar entre um mês e três meses. Ah, e os testes devem ser realizados antes das competições.

E não podemos esquecer que a NBA revelou que vai parar de realizar testes com cannabis. A liga de baseball MLB também deixou de testar todos os jogadores. Ou seja, a revolução está acontecendo. Em passos curtos, mas sempre avançando.

Fonte: Canada.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.