A Justiça Federal determinou que medicamentos à base de cannabis sejam incluídos no Sistema Único de Saúde (SUS).

O pedido foi realizado pelo Ministério Público Federal. Os medicamentos, produzidos com CBD e THC, serão os mesmos já registrados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A determinação também indicam que os medicamentos à base de cannabis registrados no futuro também devem ser incluídos na lista de medicamentos do SUS.

Em fevereiro de 2019, a União pediu recurso contra a determinação da Justiça Federal, contudo,  — e felizmente — o tribunal negou o pedido.

O resultado é fruto de três ações realizadas em Eunápolis, na Bahia: duas delas foram realizadas por pacientes que buscavam o tratamento com maconha medicinal; a terceira é uma ação coletiva que busca o direito à saúde das pessoas.

Fonte: MPF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.