Uma consulta sugere que os fãs de E-Sports e UFC consomem mais cannabis que os outros consumidores de esportes.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa de consultoria Morning Consult, os espectadores de E-Sports e Ultimate Fighting Championship (UFC) consomem mais cannabis que outros fãs de esporte. Em terceiro lugar, ficaram os fãs de Fórmula 1.

A pesquisa foi realizada entre os dias 13 e 15 de agosto de 2020, com até 1269 consumidores de diversos esportes. O intuito é entender a relação dos fãs da cultura esportiva com a indústria do tabaco e da maconha.

Recentemente, a IndyCar está sendo patrocinada por uma marca de e-cigarrete, a Vuse, com a logo estampada em três carros. Enquanto isso, muitos conglomerados gigantes ainda não apoiam empresas relacionadas ao universo do tabaco de da cannabis.

Fãs de UFC e E-Sports usam mais maconha
Fãs de esportes dos Estados Unidos foram consultados sobre o uso de maconha

Os fãs de E-Sports e UFC lideraram os primeiros lugares da lista, com 35% usando THC e até 29% usando CBD. Em seguida, ficaram os fãs de F1, MotoGP, Tênis, MLS (principal campeonato de futebol dos Estados Unidos), WNBA (liga profissional de basquete feminino), NASCAR, IndyCar, NHL (hóquei no gelo), NFL (futebol americano), Golfe e MLB (baseball).

Embora algumas propriedades possam relutar em se associar à maconha, independentemente de seu status legal, a rápida corrida de ligas e equipes para fazer negócios com empresas de apostas após a reversão da Suprema Corte em 2018 da Lei de Proteção aos Esportes Profissionais e Amadores, mostrou como os tabus podem mudar rapidamente”, foi publicado no Morning Pool.

Fonte: Morning Pool

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.