Cânhamo ou hemp é o nome da fibra produzida pela cannabis. Uma de suas espécies, a sativa – a popular “maconha” – tem o nível de THC mais alto, por isso o cânhamo, muitas vezes, é confundido, dificultando sua comercialização. Para facilitar, foi criado o termo “cânhamo industrial” para diferenciar da “maconha psicoativa”. Conheça 15 produtos derivados das fibras de cânhamo:

Cerveja
A união da cerveja com o cânhamo é considerada perfeita porque o lúpulo e a cannabis são, essencialmente, primos botânicos. É bom lembrar que a cerveja com cânhamo (hemp beer) não é alucinógena, pois o cânhamo só entra para dar o sabor conhecido como “erva y”. 

Creme hidratante
É bom lembrar que o creme hidratante derivado do cânhamo, não bloqueia os raios UV. Porém, funciona como excelente base para o óxido de zinco, que bloqueia o sol. Enfim, viva o verão!

Leite
O leite tirado das sementes dessa planta é uma ótima opção, por exemplo, para pessoas com intolerância à lactose. O leite pode fazer parte também da dieta de vegetarianos, veganos e pessoas que seguem dietas com restrições à proteína animal.

Sapato
Você pode, ainda, não ter percebido, mas muitas grifes famosas já fabricam sapatos com o tecido feito das fibras de cânhamo. O resultado é uma espécie de lona bastante resistente. Fique atento às vitrines!

Corda
As cordas feitas a partir das fibras de cânhamo são super-resistentes. A qualidade do material não fica devendo em nenhum ponto aos materiais usados na produção de cordas comuns.

Remédio
A produção do óleo, também conhecido como canabidiol (CBD), tem agitado o universo mais tradicional da medicina. O remédio não só atenua dores, como pode salvar vidas, além disso não causa os efeitos psicoativos do THC. Sua distribuição está ajudando a diminuir o preconceito em relação à maconha que, agora, já pode ser usada em muitos países para fins recreativos, além de medicinal.

Sabão
Por ser rico em substâncias gordurosas, necessárias para fazer um sabão de alta qualidade, o cânhamo virou matéria-prima. 

Cimento
Conhecido no mundo pelo nome de hempcrete, o cimento de cânhamo é bastante resistente, além de ser um poderoso isolante. 

Carro
A Ford e outras famosas fábricas, começaram a produzir carros com estrutura à base de cânhamo. Essas estruturas são superiores à fibra de vidro, pois são reforçadas com uma resina, aumentando a resistência da lataria. 

Papel
Geralmente, o papel é derivado da polpa da madeira. Como o cânhamo cresce bem mais rápido do que a árvore, sua safra tem período reduzido. Essa saída, por sinal, poderá poupar muita árvore no planeta. 

Farinha 
A semente do cânhamo é rica em proteína. É também repleta de ácidos graxos, antioxidantes, aminoácidos e outros nutrientes essenciais para uma saúde equilibrada. Moída, a semente produz uma rica farinha que faz bolos, biscoitos e outras guloseimas. 

Combustível
O cânhamo, seguindo sua linha diversificadíssima, pode ser transformado em biodiesel e etanol de cânhamo/metanol. Que se cuidem os derivados de petróleo… mais um bem para o meio ambiente! 

Bateria e Capacitor
A fabricação de supercapacitores e baterias, com base nas fibras de cânhamo é uma novidade mais recente. Seu desempenho eletroquímico é superior às baterias comuns porque os eletrodos passam a ter uma capacidade de armazenamento de energia superior. Com isso, seu preço é bem menor. 

Esses são apenas alguns dos produtos que podem ser derivados das fibras de cânhamo. Sem dúvida, ainda estão por vir muito mais. Os estudos e as pesquisas não param. A variedade é imensa e ainda podem ser descobertos muitos outros benefícios para essa planta incrível.

Bom para nós, bom para a natureza!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.