Aqui no Canadá, as vendas de cannabis ultrapassaram os 2 bilhões de dólares ano passado. Imagina o dinheiro recolhido em impostos, que acaba tendo uma porcentagem direcionada à educação, saúde e segurança pública. 

Isso é o que um mercado legalizado pode proporcionar! Retornos financeiros e benefícios para a população. Enquanto isso, vemos no Brasil o crescimento de gastos públicos com apreensões, que já bateram recorde esse ano. 

São duas realidades bastante diferentes e o que as separa é a legalização de uma planta. Vendo tudo isso daqui, eu também estou na expectativa da aprovação do PL 399, que pretende regulamentar a cannabis para fins medicinais, científicos e industriais. 

O texto tem falhas, é fato, mas os benefícios e oportunidades que essa possível legalização trará são inúmeras, sem contar que esse projeto pode ser visto como um primeiro passo para maior aceitação da cannabis. 

Enquanto se aguarda a legalização no Brasil, deve-se ficar atento às oportunidades, tanto às que já existem no mercado auxiliar (que não toca na planta), quanto às que vão surgir. 

O chamado mercado auxiliar compreende tabacarias, head shops, grow shops, clínicas de cannabis, estúdios de comunicação, produção de conteúdo, empresas da área jurídica, fintechs, aceleradoras de startups e empresas farmacêuticas, tudo relacionado à cannabis. 

Com a legalização da cannabis medicinal, além dessas empresas, diversas outras e novos projetos vão surgir, com o importante papel de facilitar o desenvolvimento da área medicinal, científica e industrial da cannabis, desde laboratórios e empresas relacionadas ao plantio e cultivo até consultorias jurídicas e formação educacional para médicos e profissionais da saúde.

Pensando no mercado canábico brasileiro, o Who is Happy já lançou novas funcionalidades para contribuir com o desenvolvimento de empresas da área e está preparando novidades para ajudar ainda mais os estabelecimentos. 

Baixe o app e fique ligado no @whoishappypt para acompanhar tudo que está por vir. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.