Após marcar a história do turismo espacial, Jeff Bezos, da Amazon, ao voltar do passeio até a lua, agora está prestes a embarcar em uma nova fronteira: a legalização da maconha.

Ainda em junho, a Amazon anunciou oficialmente que estava prestes a acabar com os testes de drogas para a maconha, ao mesmo tempo que apoiava a legislação proposta que finalmente legalizaria a erva a nível federal. 

Ao adotar uma postura mais flexível, a Amazon pretende parar de testar seus colabores para a cannabis. Afinal, quem usa maconha consegue ser um trabalhador saudável, feliz e produtivo ao mesmo tempo que é um usuário, e como a gigante mundial de distribuição emprega cerca de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, ao enfrentar nos últimos anos diversas ações judiciais de trabalhadores que foram demitidos por usar cannabis medicinal, de acordo com a lei federal, a flexibilização vem de encontro ao endossamento da proposta de legalização federal. 

Agora, sinais crescentes de que o maior varejista online do mundo está pronto para colocar seus amplos recursos financeiros por trás do esforço estão cada vez mais evidentes.

Quando anunciou seu apoio aos esforços dos legisladores para descriminalizar a maconha, a Amazon não se tornou apenas a maior empresa da América a apoiar a legalização da maconha. Agora, é ela quem cativa a indústria da maconha no processo de legalização.

Agora, enquanto os projetos de lei que pressionam a legalização continuam parados no Congresso, os ativistas que lutam pela legalização da maconha esperam que o gigante do comércio eletrônico dê o próximo passo e use sua considerável influência para ajudar a aprová-las.

Segundo matéria publicada nesta semana na revista Político, os lobistas da legalização “estão depositando suas esperanças na Amazon, usando sua experiente equipe de lobby e fundos para apoiar os esforços, acreditando que isso poderia ajudá-los a lançar campanhas publicitárias e persuadir legisladores que se opõem à legalização – especialmente aqueles que representam estados onde a cannabis é legal – para mudar suas mentes.”

O endosso da cannabis legal foi comprovada pela Amazon, ao dizer no mês passado que sua equipe de políticas públicas apoiará ativamente o Ato MORE, que descriminaliza a cannabis e fornece o expurgo de alguns crimes não violentos de cannabis.

De acordo com a evolução do cenário e o progresso que se aproxima a cada dia, fica claro que preconceito é coisa do passado, e que cada pequena ação é capaz de promover grandes mudanças. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.