A única coisa melhor do que uma pizza da Itália, um sushi do Japão ou um hambúrguer diretamente dos Estados Unidos, é um pouco de maconha para acompanhar. 

Restaurantes com cardápios que conectam cannabis e gastronomia estão começando a se popularizar. E não se trata apenas de receitas infusionadas com a maconha, alguns estabelecimentos buscam oferecer uma experiência completa com produtos canábicos e laricas, ou até mesmo receitas inovadoras que contenham todas as partes da planta, indo além da ”simples infusão” de buds de maconha com azeite, óleo ou leite. 

Existem também os estabelecimentos que contam com um cardápio gastronômico sem cannabis, e um cardápio só de strains, funcionando quase como um coffeeshop

Conheça 6 restaurantes pelo mundo que uniram maconha e gastronomia para criar uma experiência única aos consumidores:

1. Antù Europe (Lisboa)

Antù é um bar localizado em terras lusas e conta com um cardápio tradicional de bar, com drinks, a clássica cerveja portuguesa Bock, e aperitivos. Para inovar, o Antù adicionou maconha a alguns de seus pratos. 

O bar criou o HFC: Hemp Fried Chicken, que muito lembra o famoso frango frito da rede de fast food KFC, com a importante diferença que o HFC é feito com hemp, ou melhor, maconha. 

O Hemp Fried Chicken é frango frito empanado com farinha de CBD, com uma crosta crocante de sementes de cânhamo e acompanha molho Ponzu. Para os vegetarianos, a opção é trocar o frango pela couve-flor empanada com a farinha de CBD e as sementes de cânhamo. 

O cardápio do Antù ainda conta com uma opção de hot dog recheado com o Hemp Fried Chicken. 

2. Kaya Herb House (Jamaica)

A Kaya Herb House se destaca por ser o primeiro estabelecimento de maconha medicinal de todo o Caribe. Além de vender cannabis para fins medicinais (um dos únicos usos permitidos no país, junto aos usos ritualísticos pela religião rastafári), o espaço ainda conta com pizzas para matar a larica e cafés especiais Marley Coffee.  

(Imagem: reprodução Jamaica Loop News)

Portanto, é possível você escolher uma strain para consumir no local – com atestado médico – e aproveitar para matar a fome com as pizzas do restaurante.

A Kaya Herb House foi criada ”para espalhar conhecimento e amor por esta erva ancestral, enquanto aproxima as pessoas, da maneira que ganja deve ser desfrutada”, conforme expresso no site.

(Imagem: reprodução Jamaica Observer)

3. Fraiche (Amsterdam)

Para quem quer uma experiência mais psicoativa, o Fraiche pode ser uma boa pedida. 

O restaurante de alta gastronomia serve pratos com maconha, haxixe e as truffles (cogumelos com psilocibina encontrados na Holanda). 

Todos os pratos são cuidadosamente selecionados para garantir que os sabores e os efeitos psicoativos funcionem juntos. 

Os chefs do Fraiche, inclusive, escreveram um livro chamado ”High Cuisine”, com algumas de suas receitas que misturam ingredientes psicoativos e da alta gastronomia. 

4. Cannabis Supper Club (Los Angeles)

A definição de ”restaurante canábico” é ampla. Alguns são especializados em servir refeições com infusão de cannabis, outros permitem que você consuma maconha no ambiente do restaurante e também há os que servem maconha para acompanhar a refeição.

O Cannabis Supper Club é um desses restaurantes. Os pratos não são infundidos com cannabis, mas podem vir acompanhados com diferentes tipos de buds para você fumar antes, durante ou após sua refeição. 

Para matar a larica, o Cannabis Supper Club tem um cardápio com pratos diferenciados e, claro, também conta com um cardápio com diferentes tipos de maconha para acompanhar.

5. Blowfish Restaurant (Cape Town)

Localizado na África do Sul, o Blowfish é um restaurante focado em frutos do mar, com uma vista incrível para o Oceano. Mas a maior atração do restaurante são os pratos com óleo de CBD. 

Os pratos CANNAfornia Roll e CANNAfornia Poke Bowl são infusionados com o óleo, proporcionando benefícios para a saúde, e efeitos de calma e tranquilidade, tornando a refeição o momento perfeito para relaxar.

(Imagens: reprodução Blowfish)

6. Glow Bar (Londres)

O Glow Bar é um espaço de bem-estar que oferece desde comidas e bebidas saudáveis até produtos para skincare e body care, todos feitos por eles. O espaço ainda conta com uma sauna para quem quiser relaxar e realizar um ritual de beleza com os produtos holísticos do estabelecimento. 

(Imagem: reprodução CBD Village)

No cardápio do Glow Bar é possível encontrar comidas e bebidas infusionadas com CBD e cogumelos (não psicoativos), mas considerados funcionais.

Conta para a gente nos comentários qual você gostaria de conhecer primeiro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.