Não há nada mais triste do que acabar a maconha rápido – e o dinheiro para poder comprar mais. 

A boa notícia é que existem algumas técnicas para fazer sua erva durar mais tempo do que o seu salário. 

Então, se você é daquelas pessoas que se empolga no começo do mês, gasta boa parte do dinheiro em maconha, que não dura nem até o dia 15, essas dicas são para você:

  1. Compre uma quantidade média de consumo e separe para durar todo o mês (ou plante, se possível)

A verdade é que cultivar é a forma mais fácil de você economizar dinheiro com maconha. 

Se você optar por um cultivo indoor, provavelmente você terá que fazer um investimento maior, mas você vai garantir ter maconha de qualidade sempre que precisar, e por um preço justo considerando o investimento. 

Porém, sabemos que nem sempre é possível ter esse privilégio de cultivar no Brasil (nem mesmo outdoor, que acaba sendo um cultivo mais barato, mas bem mais arriscado quando falamos da realidade de um país proibicionista). 

Então, se a única opção é comprar, faça uma média de quanto você consome em um mês, compre essa quantidade de uma vez (às vezes, em maiores quantidades, é possível conseguir um preço melhor) e separe em porções semanais ou diárias para consumo. 

Viceland GIF by WEEDIQUETTE - Find & Share on GIPHY

Coloque como meta não gastar mais nada além desse investimento único mensal em maconha, e faça o máximo de esforço para consumir as quantidades separadas para cada dia ou semana.

Crie doses de consumo e não extrapole, ou seja, se você é uma pessoa que está acostumada a fumar todo dia, coloque um limite: ”hoje vou fumar x baseados” e não ultrapasse esse limite. Seu bolso vai agradecer.

  1. Esconda a erva de você mesmo

Se você é [email protected] que não tem auto-controle, se ”emociona”, e consome sua maconha como se não houvesse o dia de amanhã (sendo que já gastou toda a cota de dinheiro para a erva do mês), você vai precisar de medidas mais drásticas como: esconder a maconha de você mesmo. 

Se você adotou a dica número 1 – comprou a quantidade média que é para você consumir no mês todo, e separou-a em porções diárias ou semanais – não deixe a fácil acesso essas porções. 

Guarde em pequenos pote herméticos, zip lock ou embrulhe em papel plástico e peça para [email protected] [email protected] esconder para você, de forma que você não ache. 

Doc Savage Hiding GIF by Warner Archive - Find & Share on GIPHY

Quando chegar o dia ou semana para você consumir essa maconha escondida, peça para sua/seu [email protected] te entregar ou falar para você onde está. 

Ou melhor: se você comprou uma quantidade que é para durar bem mais do que apenas um mês, você pode congelar, adotando as técnicas adequadas para não estragar. 

Há quem diga que congelar a maconha estraga a erva, mas alguns estudos mostram o contrário. 

Se feito da maneira correta, o congelamento pode ser mais uma barreira para dificultar que você consuma a maconha rápido. 

  1. Faça receitas infusionadas com cannabis

Tem pessoas que não trocam a experiência do baseado por nada, mas os comestíveis infusionados com maconha podem ser uma boa para economizar a erva.

Para fazer a manteiga, óleo ou azeite infundido, vai uma quantidade um pouco maior de maconha do que em um baseado, mas comer o brownie, cookie (ou a receita que você preferir) canábico vai te deixar bem mais [email protected] do que fumar. 

Pode-se dizer que para sentir a mesma brisa do comestível, você precisaria fumar mais que o dobro de maconha utilizada na infusão. 

Então essa dica vale a pena para economizar ganja e ter uma experiência bem mais potente.

Dica bônus: se possível, guarde uma parte da receita pronta e coma pequenos pedaços durante a semana, vai fazer a vez do baseado (e você não vai ”gastar” mais erva).

(Imagem: Margo Amala | Unsplash)
  1. Use outros métodos de consumo

Na mesma ideia das receitas, você também pode usar sua maconha para bongar ou vaporizar no famoso ”balde” (ou bong de gravidade). 

Você vai ficar bem mais chapado com uma quantidade menor de maconha do que teria que usar para os baseados (e alcançar a mesma brisa da ”baldada” ou ”bongada”). 

Weed High Af GIF by Bong Appétit - Find & Share on GIPHY
  1. Faça uma pequena ”poupança canábica”

Para quem luta com o orçamento destinado à maconha mensalmente, a ideia é – sempre que der – juntar qualquer quantia de dinheiro para um momento de desespero. 

Nem sempre é fácil juntar dinheiro, mas pense que se você conseguir economizar um pouco, de repente, se faltar ganja, você terá uma quantia separada para comprar um pouco mais. Às vezes é um mês com mais feriados, e você consumiu a mais da sua cota de maconha, ou foi um mês estressante e você consumiu mais ganja que a média… imprevistos acontecem e é bom ter uma pequena quantia de dinheiro separada, caso a erva acabe. 

Mas seguindo algumas dessas dicas, a ideia é que você não extrapole seu investimento mensal com maconha. 

Tem mais alguma dica para fazer o corre durar mais? Compartilhe com a gente nos comentários!

Fonte: The Fresh Toast

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.