À medida que a indústria da cannabis se consolida, os avanços na tecnologia têm contribuído para desenvolver ainda mais essa indústria, trazendo ao consumidor e às empresas a melhor experiência possível.

(Imagem: reprodução Tigunia)

A última década foi um divisor de águas para a indústria legal de maconha, com vários lugares legalizando o consumo recreativo, industrial e medicinal. 

As descobertas científicas sempre acompanharam a maconha, mas a legalização fez com que crescesse os investimentos na ciência focada na planta. 

Com isso, avanços tecnológicos têm surgido para otimizar todo o ecossistema em torno da maconha: a experiência dos consumidores, a eficiência do cultivo, criação de novos produtos e mercados, o desenvolvimento de empresas.

Alguns projetos tecnológicos em áreas chave estão remodelando a indústria canábica. 

Sequenciamento de DNA

A maconha é uma verdadeira fábrica de compostos químicos com inúmeros benefícios. Mas há uma enorme variação entre as colheitas e diferentes strains da planta, resultando em um equilíbrio diferente de THC, CBD e outros compostos. 

Isso leva a um mercado de produtos robusto, mas difícil de regular. A genômica moderna pode ser a chave para alcançar uma padronização na criação de produtos canábicos (que estejam de acordo com a regulamentação em cada país). 

Vários produtores líderes de cannabis estão buscando sequenciar o DNA da Cannabis Sativa L.

(Imagem: reprodução Plant Cell Technology)

Uma empresa do Colorado afirma ter desenvolvido um método para cultivar plantas sem THC ou CBD ou com maior concentração de outros canabinóides menores, com potenciais terapêuticos, como o CBC.

O objetivo final é extrair os genes que produzem esses compostos químicos e obtê-los de maneira mais fácil e eficiente. 

O sequenciamento de DNA também contribui para criação de sementes melhores, por exemplo.

Produtos personalizados

Encontrar a mistura certa de canabinóides pode ser um desafio, pois a bioquímica individual das pessoas faz com que cada um processe os canabinóides de maneira diferente. 

Embora strains específicas tenham características bem conhecidas, os efeitos podem variar muito de uma pessoa para outra.

É por isso que o próximo passo no consumo de cannabis são misturas personalizadas de canabinóides, equilibradas para a fisiologia única de cada pessoa.

(Imagem: reprodução GBH News)

Algumas empresas já estão investindo nessa experiência personalizada. 

O CannabisDNA criou um teste de saliva que usa mais de 70 marcadores genéticos para criar um perfil de suas respostas aos canabinóides ​​e, em seguida, produz um relatório que prevê sua compatibilidade com diferentes cepas. 

No futuro, é possível que os varejistas de maconha combinem essa metodologia de teste com a criação de produtos sob medida, proporcionando uma experiência direcionada ao usuário.

Grows eficientes

Um dos principais problemas no cultivo de maconha é que as plantas precisam de muita luz. 

Em climas tropicais, o sol ”dá conta do recado”, mas as operações de cultivo indoor em larga escala dependem de lâmpadas de alta intensidade, que consomem uma tonelada de eletricidade.

A tecnologia LED revolucionou o cultivo de maconha e as lâmpadas mais recentes são capazes de emitir um espectro de luz de banda larga, ao contrário dos modelos anteriores que tinham apenas as frequências vermelha ou azul. Os fabricantes também introduziram lâmpadas direcionais que direcionam com mais eficiência os raios de luz para as plantas em crescimento.

Os LEDs também produzem muito menos calor do que outras lâmpadas, o que permite que os produtores economizem no controle de temperatura. E o mais importante: as lâmpadas LED consomem menos eletricidade.

(Imagem: reprodução The Blade)

Nanoencapsulação

O CBD é um dos canabinóides mais promissores na área medicinal, com vários benefícios terapêuticos para uma série de condições de saúde. 

Um dos maiores obstáculos do uso do CBD é a natureza química do produto: por ser um óleo, não é solúvel em água, o que significa que, quando adicionado à maioria dos produtos líquidos, ele se separará com o tempo. Isso deixa seu uso limitado para óleos, cápsulas e tinturas, por exemplo. 

Cientistas estão bucando uma forma de conseguir adicionar CBD em produtos à base de água, como bebidas, e a nanoencapsulação pode ser a solução. 

(Imagem: reprodução Exame)

O CBD é conhecido por sua baixa biodisponibilidade, o que significa que, quando você o consome por via oral, apenas cerca de 20% dele acaba na corrente sanguínea, o que é pouco. 

Encapsular os canabinóides em nanoemulsões aumenta drasticamente sua biodispobilidade. A nanoemulsão também permite que o produto se misture mais suavemente com a água, facilitando o consumo.

Já foram desenvolvidos alguns produtos com nano-CBD, mas o uso dessa tecnologia para canabinóides está apenas começando. 

Compras online e delivery

Essa foi uma mudança crucial trazida pela pandemia. 

Conforme afirma o CEO da Jushi Holdings Inc., ”no setor da cannabis, os consumidores digitais estão à frente. As tecnologias vão continuar tendo um papel central [nesse setor]”.  

Cada vez mais, novas tecnologias surgem para atender essa mudança. 

No mercado legal, inicialmente as compras eram feitas diretamente nos dispensários, agora, consumidores podem escolher tudo através de apps e receber em casa a strain ou produto que preferirem.

A comodidade dos consumidores se tornou uma prioridade dos estabelecimentos e a tendência é que a tecnologia melhore ainda mais a experiência dos canabistas.

(Imagem: reprodução The Denver Post)

A criação de soluções tecnológicas que atenda a necessidade de consumidores e dos businesses é o objetivo central do Who is Happy, que conta com:

  • Um app que conecta consumidores de cannabis e funciona como uma rede social exclusiva para os apaixonados pela erva
  • Um website que concentra informações sobre estabelecimentos (tabacarias, head shops, growshops, dispensários), clínicas médicas de cannabis e associações de pacientes em todo o mundo
  • Um espaço para fazer o advertising de negócios canábicos que sofrem com as restrições de outras ferramentas
  • Um Guia de Strains que oferece informações sobre diferentes variedades de maconha e as avaliações dos usuários, para proporcionar conhecimento sobre esse mundo incrível das cepas de maconha.
  • Novas tecnologias sendo desenvolvidas, que estarão disponíveis em breve!

Acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro de todas nossas novidades. 

Fonte: PCMag

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.