A Be.e é a primeira scooter elétrica do mundo com estrutura construída em fibras de cânhamo (90%), fibras de linho (10%) e resina orgânica. 

(Imagem: reprodução Design Boom)

A Be.e foi desenvolvida pelo designer holandês Vaniek Colenbrander, dono da empresa Van.Eko, em parceria com a InHolland e NPSP composites. O design é da waarmakers.

As fibras de cânhamo na estrutura desta scooter são fornecidas pela HempFlax, uma empresa que cultiva cânhamo industrial no norte da Holanda e na Romênia.

Essa scooter feita de cânhamo usa sistemas de propulsão de última geração e componentes de trem de força. O veículo elétrico leve de duas rodas é apresentado como uma solução pay-per-use, adequada para o deslocamento na cidade e até mesmo para viagens ao interior das cidades.

As baterias permitem até duas horas de condução da scooter de cânhamo ou 60 km nas piores condições, e o sistema inclui um carregador de 600W, permitindo aos utilizadores recarregar totalmente em menos de três horas. 

Além disso, o pára-brisa é nano-revestido com uma camada hidrofóbica, que faz com que as gotas de água e partículas de sujeira se desviem da superfície, melhorando a visibilidade em condições de escuridão e chuva.

A scooter elétrica de cânhamo Be.e tem uma estrutura monocoque, uma construção única na qual a parte externa do objeto suporta a carga, semelhante a uma casca de ovo, eliminando a necessidade de uma moldura e os numerosos painéis de plástico habituais. Essa façanha de engenharia estrutural é possibilitada pelo uso de linho holandês e bio-resina, criando um material extremamente sustentável, leve e forte.

Mais uma inovação ecológica feita com cânhamo!

Fonte: Design Boom

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.