Existem muitas formas de consumir maconha. Mas, uma delas sempre gera bastante polêmica: misturar tabaco no baseado.

Você costuma fazer esse mix? Entenda os efeitos da cannabis com o tabaco.

Conhecido como ”spliff”, ”tabaconha” ou até mesmo ”tabeck”, a mistura de cannabis e tabaco é amada por alguns, mas odiada por muitos.

Fumar maconha na blunt também se enquadra nessa mistura, já que esse tipo de seda é feita com tabaco.

Mas, independente da preferência, você sabe quais são os efeitos desse mix?

Tabaco + cannabis

A nicotina, presente no tabaco, causa uma sensação de relaxamento e de “sentir-se bem”.

Você também sente isso com a cannabis, mas com efeitos mais potentes e psicoativos.

Ao combinar os dois, os efeitos são potencializados, levando a uma sensação de mais relaxamento. É possível, também, que a combinação dê uma baixada na pressão, levando a efeitos quase sedativos.

Embora cada pessoa tenha uma experiência diferente com cannabis e tabaco (considerando, também, que existem pessoas que já estão mais acostumadas com a nicotina), a mistura costuma levar a um relaxamento agradável.

Ao fumar um baseado puro, os efeitos são mais a nível cerebral: afinal, você está ingerindo mais THC.

Porém, um estudo mostrou que o tabaco pode aumentar os níveis de THC no sangue, podendo prolongar o tempo em que a substância permanece no corpo.

Isso significa que você sentirá os efeitos da cannabis muito rapidamente e mais dela estará disponível no seu organismo.

O estudo examinou o teor de THC na fumaça capturada de um baseado de cannabis puro e um ”tabeck” contendo apenas 25% de cannabis.

Os resultados foram surpreendentes:

  • o THC na fumaça da maconha pura mediu cerca de 32,70 miligramas por grama.
  • no spliff, o THC aumentou para 58,90 miligramas por grama.

Isso levou os autores do estudo a concluir que o tabaco parecia aumentar a eficiência de vaporização do THC em até 45%.

Riscos

Apesar de isso parecer um ótimo benefício, é importante considerar os riscos que a nicotina traz para a saúde.

Porém, a maioria desses riscos à saúde ocorre após o uso crônico e contínuo do tabaco. Portanto, é improvável que você desenvolva algum problema de saúde se fumar um spliff vez ou outra. Uma dica é tentar usar filtro (ao invés de piteira) ao consumir maconha com tabaco.

No entanto, se você vai começar a fumar mais tabaco, é bom sempre saber os riscos.

Fonte: Herb

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.