Especialistas afirmam que a boa qualidade da cannabis se deve mais aos terpenos do que às altas concentrações de canabinóides.

Quando falamos de consumo recreativo, muitos argumentam que a melhor coisa da cannabis é o THC. Mas, já existem evidências de que os terpenos que são um dos principais responsáveis pela qualidade da erva.

Esses compostos dão o aroma e sabor característicos de cada cepa. Além disso, por conta do efeito entourage, ao agir em conjunto com os canabinóides, os terpenos podem proporcionar sensações únicas.

Uma visão geral dos terpenos

Os terpenos estão disponíveis na maioria das plantas e árvores, como lavanda, laranja, rosa, hortelã e nossa planta favorita, a cannabis.

No ecossistema da maconha, os terpenos desempenham um papel direto na interação entre a cannabis e nosso organismo.

Como mencionado, esses compostos, junto com os canabinóides, determinam como o efeito entourage se desenrola. Eles são um fator-chave nos efeitos psicoativos e terapêuticos da cannabis.

Apenas recentemente esses compostos estão ganhando atenção, há pouco tempo atrás, pouco se falava sobre os terpenos e seus potenciais.

Com isso, ainda existem poucas pesquisas científicas sobre o tema, mas mais estudos estão sendo desenvolvidos.

A indústria legal da maconha, por exemplo, está começando a priorizar perfis de terpenos ao desenvolver novas strains ou produtos.

Laboratórios e growers estão se especializando no tema para poder criar os melhores perfis. Afinal, não é só o THC e o CBD que são responsáveis pelos efeitos da maconha. Além disso, aroma e sabor são fatores cruciais para determinar a qualidade da cannabis, e já sabemos quem produz essas características na erva… Terpenos!

Potência da cannabis e terpenos

Existem muitas pessoas que pensam que quanto mais forte o aroma da maconha, mais potente ela é. Mas essa é uma informação falsa.

Exatamente pelo fato das pessoas terem poucas informações sobre os terpenos, existe muita confusão sobre as propriedades da cannabis.

Como já vimos, o aroma é proporcionado pelos terpenos e não tem a ver com potência, que é determinada pela concentração de THC.

Portanto, quando pensamos que qualidade está mais associada à aparência, aroma, sabor e efeitos da planta, podemos afirmar que os terpenos estão diretamente ligados à qualidade da erva.

Terpenos e prensado

Aqui no Brasil, o tema ”terpenos” ainda está engatinhando, principalmente por conta do proibicionismo.

Com a maconha ilegal, fica difícil desenvolver genéticas com bons perfis de terpenos, que proporcionem alta qualidade da ganja.

Além disso, a maioria dos brasileiros acaba consumindo prensado. Dificilmente, a maconha prensada possui terpenos, devido à maneira como é produzido. Os terpenos ficam ”guardados” nos tricomas da planta (aqueles ”pontinhos” brancos da cannabis, também chamados de resina) e o processo de produzir a maconha prensada degrada os tricomas.

Porém, é possível adicionar terpenos ao prensado e melhorar a qualidade dessa maconha.

Quer entender melhor como funciona? Aprenda no curso ”A Revolução dos Terpenos” do Ganja Talks University!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.