A dose é fudamental quando se trata de psicodélicos.

Tanto para o uso medicinal, quanto para o uso recreativo, uma das coisas mais importantes na experiência com a psilocibina (princípio ativo dos ”cogumelos mágicos”) é a dosagem.

A microdosagem envolve o consumo de pequenas quantidades da substância de cada vez.

Os efeitos são muito sutis, mas trazem diversos benefícios no médio e longo prazo.

A macrodosagem, por sua vez, proporciona efeitos mais intensos, sentidos já no momento e que se prolongam pelo médio e longo prazo também.

Tudo depende da experiência que você procura. Por isso, entenda tudo sobre micro e macrodosagem:

Microdosagem

Geralmente, uma “microdose” de cogumelos mágicos é definida entre 1 a 10% de uma dose normal, sendo que uma dose normal pode variar de 1 a 3 gramas, dependendo da pessoa.

Assim, 0,1 a 0,3 gramas é um nível de microdosagem recomendado.

Os consumidores que optam pela microdosagem de psilocibina geralmente buscam os benefícios positivos dos cogumelos (como criatividade, foco, bem-estar) sem os efeitos alucinógenos (alteração de percepção da realidade).

Pequenas quantidades de psilocibina têm se mostrado eficaz para a saúde mental e ajudado muitas pessoas a substituírem anti-depressivos ou medicamentos para ansiedade pelas microdoses de cogumelo.

A vantagem da microdosagem de psilocibina é que se trata de uma opção natural de tratamento (com menores – ou quase nulos – efeitos colaterais), que consegue agir na raiz do problema, sem as alucinações.

Alguns benefícios relatados da microdosagem são:

  • Alívio da ansiedade e dos sintomas de depressão
  • Aumento da criatividade
  • Maior foco e energia
  • Melhora do humor

A maioria dessas descobertas (ainda) é anedótica, pois existem poucas pesquisas clínicas disponíveis sobre os efeitos da microdose da psilocibina.

Isso se deve pelo fato dessa substância ser considerada ilícita, portanto, pesquisas com humanos são mais difíceis. Porém, a ciência segue avançando mesmo assim.

Além de seu efeito positivo na saúde mental, pesquisas sugerem que a microdosagem de cogumelos pode reduzir a inflamação corporal, o que pode ser benéfico para quem sofre doenças inflamatórias.

Também não se pode ignorar o lado espiritual dessas substâncias. Algumas comunidades originárias utilizam os cogumelos há séculos como um meio de se conectar espiritualmente e melhorar diversos aspectos da vida.

Cronograma de microdosagem

Uma sugestão de cronograma de microdosagem é evitar o uso diário, para obter melhores resultados.

Alguns especialistas recomenda um ciclo de 3 dias: microdosar um dia e esperar dois dias antes da próxima microdose.

Macrodosagem

Se a microdose é uma quantidade de cogumelos que você possa experimentar os benefícios da psilocibina sem uma experiência psicodélica muito intensa, a macrodosagem permite que você experimente toda a força da psilocibina – uma experiência que varia muito de consumidor para consumidor.

Uma macrodose de cogumelos é definida a partir de 2 gramas (depende do tamanho do corpo, química e nível de tolerância da pessoa).

Se for sua primeira vez macrodosando, o ideal é não passar de 3 gramas.

Outra dica importante para realizar a macrodose é: reserve um dia que você não tenha compromissos e possa dedicá-lo à experiência.

Os efeitos da macrodose envolvem alterações de percepção da realidade, alucinações visuais e uma experiência que pode ser transcendental.

Microdose x macrodose

Embora a microdosagem ofereça benefícios para nossa rotina e possa levar a um processo de cura a longo prazo, a macrodosagem leva isso para outro nível, já que se trata de uma experiência mais intensa.

A principal diferença da macrodose é que uma experiência com mais de 3 gramas de psilocibina é capaz de mudar os padrões de pensamento e trazer novas perspectivas logo de início.

Uma grande dose de cogumelos é capaz de provocar a dissolução do ego, uma perda completa da auto-identidade, que pode ser libertadora para muitas pessoas.

Os sentimentos costumam ser intensos e podem, sim, trazer sensações desconfortáveis, como ansiedade, paranóia e confusão (para algumas pessoas).

Por isso, antes de realizar uma macrodosagem, é importante ter esse fato em mente, realizar em um ambiente confortável, com pessoas que você confia.

Quando se trata de uma macrodose de cogumelos, o momento, o local e a companhia são fundamentais para garantir uma boa jornada.

Como determinar qual dosagem é certa para você

Escolher entre microdose e macrodose depende da experiência que você busca.

Considere alguns fatores, como:

Tempo

Quanto tempo você tem para embarcar nessa jornada?
Se você estiver no meio da rotina e quiser consumir alguns cogumelos para se sentir socializável, inspirado e produtivo, uma microdose é a melhor opção. Enquanto uma microdose de cogumelos ainda permitirá que você faça suas atividades normalmente, uma macrodose irá te tirar completamente da realidade.

Experiência

Que tal começar com uma microdose para que seu corpo e mente entendam, ainda que minimamente, como os cogumelos mágicos funcionam?
O próximo passo é a macrodosagem.
Mas, se quiser ter uma experiência intensa logo de cara, comece com 2 gramas.


Intenção

Por que você está tomando cogumelos em primeiro lugar?
Se você está procurando uma melhora rápida de humor, uma perspectiva renovada ou uma forma de melhorar um dia difícil, uma microdose é para você. Você experimentará os benefícios da psilocibina sem as alucinações.
Por outro lado, se você está realmente se preparando para curar algum trauma, olhar para dentro, conectar-se com a espiritualidade ou encontrar algum significado mais profundo, uma macrodose pode ser exatamente o que você precisa.

Apenas certifique-se de saber o que você busca e de estar em um ambiente seguro com pessoas em quem confia.

Fonte: The Bluntness

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.