Novo relatório mostra que as plantações de maconha são a 6ª colheita mais valiosa do país.

work cannabis industry

De acordo com o novo ”Leafly Cannabis Harvest Report 2022′‘, publicado este mês, os preços da maconha caíram nos Estados Unidos por conta da crescente legalização.

Os agricultores de cannabis para uso adulto no país cultivaram 554 toneladas a mais da planta em 2022 do que no ano anterior.

Ainda assim, o valor da safra caiu US$ 1 bilhão. A agricultura em larga escala e a alta tecnologia – proporcionadas pelas políticas de legalização – levaram os preços no atacado a mínimos históricos.

Mas, apesar dos preços terem caído, a produção aumentou, fazendo com que a maconha seja a 6ª maior colheita dos EUA, valendo US$ 5 bilhões anuais.

A cannabis fica apenas atrás do milho, soja, feno, trigo e algodão.

(Reprodução Leafly)

Os agricultores de cannabis para uso adulto cultivaram 2.834 toneladas no ano passado. Para se ter noção, 1 tonelada equivale a 1 milhão de baseados de 1 grama.

Mas com base nos dados de consumo de maconha recreativa no país, 2.834 toneladas representam apenas um quarto (aproximadamente) da demanda anual.

Portanto, os EUA está apenas a 24% do caminho para acabar de vez com a proibição e o mercado ilegal.

Para 100% do cultivo de cannabis ser legalizado, faltam alguns estados regulamentarem o uso recreativo e, claro, a legalização à nível federal.

Mesmo as plantações de maconha legalizadas serem responsáveis por apenas 24% do consumo dos norte-americanos, o cultivo segue avançando.

No Estado de Nova Jersey, a cannabis vem em primeiro lugar como cultivo mais valioso.

Se quiser saber mais sobre o mercado da cannabis ao redor do mundo, aprenda sobre ”Empreendedorismo Canábico” e ”Como trabalhar no mercado da cannabis”, no Ganja Talks University.

Fonte: Leafly

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.